segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Um Poema-Borboleta Neuza Pinheiro



borboleta sai de casa
seca a asa
voa voa

borboleta brinca brinca
borboleta rodopia

então
quando a corda finda
pousa

e por fim

repousa

(do livro PELE & OSSO)



Para mais poesia de Neuza Pinheiro...
clicar no link daqueles que eu sigo:
Blog Neuza Pinheiro.

2 comentários:

  1. querido poeta

    passei por aqui, corrwendo por essas linhas,
    um grande abraço!

    ResponderExcluir
  2. ...tão bre...ve. Um voo da medida da vida.

    ResponderExcluir