segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Voltando ao começo

Depois de séculos de aprisionamento no Subsolo...eis que das sombras renasço...ou simplesmente reato-me no universo dos seres de luz. Eis-me...fragmento inteiro de algo que ainda procuro definir. 

2 comentários:

  1. Que bom que não há prisões capaz de silenciar a voz do poeta...

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Que bom, né, meu amigo! - Abração

    ResponderExcluir